Select language

Floração do género mentha



O género botânico Mentha tem sempre muito que falar. Pertence à família lamiaceae e é popularmente conhecido pelas hortelãs ou mentas. É sem dúvida uma excelente planta de partida para quem vai iniciar-se no mundo da jardinagem devido ao seu fácil cultivo e manutenção.

Crescem facilmente em qualquer tipo de clima e condições e espalham-se por todo o jardim tornando-se invasoras. É aconselhável fazê-las crescer dentro de vasos para reduzir-lhes o espaço. Propagam-se facilmente pelo seu rizoma ou pelo caule, começando a enraizar alguns dias depois quando colocada dentro de água ou na terra. 

Propagam-se bem por semente e criam híbridos entre si quando existem espécies diferentes no mesmo espaço. A probabilidade de acontecer é tão grande a grande maioria das espécies à venda surgiram graças a isto. Com variados e diferentes aromas, usos, folhagem e floração, muitas é quase impossível reconhecer e diferenciar uma hortelã. Devemos sempre colocar o nome científico junto da planta para sabermos o que temos. Esqueça o nome popular.

Tenho imensas variedades no meu jardim, a coleção vai crescendo à medida que viajo e trago exemplares doutras localidades. Com aromas mais cítricos ou mais picantes, com folhas variegadas ou recortadas, de tamanho minúsculo, há variedades para todos os gostos. 

Hoje trago-vos as flores de algumas das minhas espécies do género Mentha. Muitas vezes é graças à flor que conseguimos descobrir o nome científico da planta. 

A mentha spicata (ex: hortelã verde, hortelã crispada, hortelã marroquina) tem flor terminal e alongada em forma de lança. A mentha suaveolens (ex: hortelã maçã e hortelã ananás) também é semelhante


Mentha spicata 'spaermint'

Mentha spicata 'crispa'

Mentha spicata 'moroccan'

A mentha aquatica também tem a flor terminal embora que seja em forma mais arredonda, como se fosse um pom-pom.


Mentha aquatica

A mentha arvensis (ex: hortelã brava, hortelã banana) tem flores ao longo da parte final do caule.


Mentha arvensis 'banana'
De seguida falaremos das variedades que trazem mais confusões, refiro-me às espécies híbridas, ou seja, originadas a partir de duas espécies diferentes do género Mentha

A mentha x piperita (ex: hortelã laranja, hortelã pimenta, hortelã chocolate, hortelã uva, hortelã lavanda, horetelã limão, hortelã suiça) é um híbrido de mentha spicata e mentha aquatica. Ora espera-se na teoria que a flor da mentha x piperita seja ou igual a uma das espécies que lhe deu origem, ou uma mistura entre elas. Na prática verifica-se exatatemente isso, flores terminais e alongadas.


Mentha x piperita 'grapefruit'

Mentha x piperita 'swiss mint'

A mentha x gentilis = mentha x gracilis (ginger mint = hortelã gengibre), é um híbrido de mentha spicata e mentha arvensis. Espera-se flores terminais alongadas, ou flores ao longo da parte final do caule, ou uma mistura. Na prática a informação genética da mentha arvensis parece ganhar no que diz respeito à flor.


Mentha x gracilis


Outro grande desafio é quando compramos uma planta com determinado nome popular e chama-nos à atenção porque morfologicamente parece diferente de qualquer uma que já temos. Quando tentamos procurar na bibliografia informação sobre essa planta aparecem-nos dezenas de nomes científicos diferentes. A hortelã thai comprada na Alemanha (Thai minze) causou bastante inquietação. Da pouca informação que encontrei a que mais me pareceu satisfatória foi mentha arvensis 'thai'. Quando finalmente deu floração, fiquei com a certeza que o nome estava correto. Porquê? A floração é semelhante à espécie mentha arvensis, ou seja, a planta em causa é uma variedade dessa espécie.

Mentha arvensis 'thai'

Mais recentemente adquiri outra variedade com o nome hortelã toranja, e que era totalmente diferente das outras que tinha. Quando deu a floração mais uma vez semelhante à espécie mentha arvensis fiquei com certezas que se tratava ou de uma variedade ou de um híbrido come essa espécie. De todos os nomes que encontrei, mentha x verticillata parece-me o mais correto, ou seja, um híbrido entre a mentha arvensis e a mentha aquatica.


Mentha x verticillata



Cansado destes enigmas todos? Eu acredito, não é fácil mas é bastante interessante. Deixo-vos mais duas fotografias de duas hortelãs, que ainda não encontrei o nome científico mais adequado. Ideias? Talvez as dicas que dei possam ajudar a encontrar algumas hipóteses.










Comentários

Mensagens populares